Quadrilha rouba fábrica de filtros em São Bernardo do Campo (SP)

Polícia conseguiu prender dois criminosos, um deles vigia da empresa, mas cerca de 20 ladrões conseguiram escapar

Pedro da Rocha, do estadão.com.br,

13 de junho de 2011 | 05h31

SÃO PAULO - Uma quadrilha armada com fuzis e metralhadoras passou o domingo, 12, carregando caminhões com filtros automotivos de óleo e combustível, dentro de uma fábrica localizada na Avenida Piraporinha, no bairro Planalto, em São Bernardo do Campo. A polícia conseguiu prender dois criminosos, um deles vigia da empresa, mas cerca de 20 ladrões conseguiram escapar com dois caminhões carregados de objetos roubados, avaliados em R$ 3 milhões.

O furto teve início por volta das 14 horas. Segundo o soldado Dias, da 3ª Companhia do 40º Batalhão da Polícia Militar (PM), os criminosos dividiram funções. "Enquanto o vigia e outro suspeito estavam na guarita, atentos à chegada da polícia, outros integrantes do bando ligaram as máquinas da fábrica para carregar os caminhões, que já estavam com os motoristas a postos", contou Dias.

Vizinhos estranharam a movimentação em pleno domingo e chamaram a polícia. Ao perceberem a aproximação da viatura, por volta de meia-noite desta segunda-feira, 13, o vigia avisou o resto do grupo, que fugiu pela porta dos fundos. Além dos dois presos, dois caminhões vazios foram apreendidos.

Os diretores da fábrica foram chamados para avaliar o prejuízo. Os dois caminhões levados pelos bandidos estavam carregados com cerca de 90 mil filtros. O caso foi encaminhado ao 2º DP de São Bernardo do Campo.

Dias contou que policiais do 6º Batalhão da PM trocaram tiros e mataram, na madrugada desta segunda-feira, 13, na Rodovia Anchieta, um homem suspeito de ter participado do roubo.

Tudo o que sabemos sobre:
assaltofábricasão bernardo do campo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.