Quadrilha que matou delegado na Marginal é presa

Uma quadrilha formada por seis homens foi presa na tarde de anteontem na Freguesia do Ó, na zona norte de São Paulo. Segundo a polícia, entre os detidos está um menor de 16 anos que é apontado como o responsável pela morte do delegado Paulo Pereira de Paula, de 49 anos, em agosto, na Marginal do Tietê, perto da Ponte do Limão.

O Estado de S.Paulo

06 de dezembro de 2012 | 23h50

A vítima passava com a Honda CB quando foi atingida por dois tiros e morreu no local. O policial era titular da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes de Guarulhos.

"Ele confessou o crime com riqueza de detalhes", comenta o delegado Marco Antonio de Paula Santos, seccional de Guarulhos e primo da vítima. Foi ele quem conduziu as investigações. A Corregedoria da Polícia Militar também acompanhou as apurações, uma vez que dois PMs foram assaltados nos últimos dois meses. Ambos reconheceram a quadrilha.

Os dois boletins de ocorrência registrados pelos PMs em meio à onda de violência e a ameaças a policiais militares fizeram com que a Corregedoria da corporação apurasse os casos em parceira com a Polícia Civil.

Segundo o major Rubens Esquierdo Marques Gonçalves, chefe do setor operacional da Corregedoria, um dos policiais abordados reagiu e baleou um suspeito, que acabou detido e passou informações de outros comparsas.

Segundo a Polícia Civil, os casos de roubo e furto de moto geralmente são investigados com o auxílio de câmeras de segurança. A polícia faz varreduras em lojas que vendem artigos para motos e em desmanches mapeados pelas delegacias especializadas.

Em abril, o delegado Ruy Ferraz Fontes foi vítima de uma suposta tentativa de assalto no km 14 da Rodovia Anchieta, em São Bernardo do Campo, no ABC. O policial levava na moto uma investigadora. Os dois estavam em uma moto Ducati, quando foram abordados por dois suspeitos em outra moto. Houve troca de tiros. Um dos assaltantes morreu. O outro suspeito fugiu. A investigadora ficou ferida.

No começo do mês, policiais civis prenderam um homem de 42 anos e apreenderam três adolescentes que estavam com motos roubadas e produtos ilegais na Vila Curuçá, zona leste. A prisão foi realizada após denúncia./ C.H.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.