Divulgação/PF
Divulgação/PF

Quadrilha que falsificava ecstasy é presa em SP

Três homens e uma mulher misturavam produtos tais como cafeína e bicarbonato de sódio prensados para imitar a droga

Solange Spigliatti, Central de Notícias

04 de abril de 2011 | 14h35

SÃO PAULO - Uma quadrilha especializada em falsificar ecstasy foi presa na última sexta-feira, 1, em São Caetano do sul, no Grande ABC paulista, pela Polícia Federal (PF). Além disso, uma falsa carteira funcional de policial civil foi encontrada com um dos traficantes.

 

Três homens e uma mulher foram flagrados no interior de um escritório de contabilidade, onde foram apreendidos materiais e utensílios utilizados para a fabricação da mistura de substâncias, que depois seria prensada na forma de comprimidos e vendidos como ecstasy.

 

Por meio da mistura de produtos químicos, tais como cafeína, bicarbonato de sódio, ácido bórico e corantes, os traficantes tentavam imitar os princípios ativos da droga, cujo composto químico é o MDMA (metilenodioximetanfetamina).

 

Foram apreendidas também dezenas de cédulas de identidades falsas. Há suspeita de que os presos utilizavam as referidas identidades falsas para golpes de financiamento e abertura de contas bancárias, já que foram encontrados diversos cheques e cartões de créditos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.