Quadrilha invade prédio da Prefeitura de Potim

Valor levado do cofre ainda é desconhecido; até o momento, nenhum assaltante foi preso

Ricardo Valota e Paulo Maciel, da Central de Notícias

12 Maio 2009 | 04h15

Quatro homens invadiram por volta das 21h30 de segunda-feira, 11, a Prefeitura de Potim(SP), no Vale do Paraíba, a 167 quilômetros da capital. Localizada na Praça Miguel Correia dos Ouros, no centro da cidade, a sede do executivo foi invadida pelos fundos, onde existe um terreno. O segurança foi dominado e teve mãos e pés amarrados e ficou sob a mira da arma de um dos bandidos.

 

O alvo da quadrilha era o cofre, que foi facilmente localizado e levado até o quintal, nos fundos da Prefeitura. Segundo o vice-prefeito Edno Félix Pinto (PTdoB), pela facilidade com que os bandidos chegaram até o cofre, eles conheciam bem o interior do prédio. Os assaltantes retiraram o que havia e o deixaram para trás. Até as 3 horas desta terça-feira, 12, nenhum suspeito havia sido detido.

 

"Vamos acionar agora o tesoureiro de Silveiras (cidade vizinha) para saber tudo que realmente tinha no cofre. Sabemos que havia cheques preenchidos e assinados, pagamentos que guardamos pois às vezes as pessoas demoram para vir receber. Alguns cheques foram deixados e nós recuperamos", afirmou o vice-prefeito.

Mais conteúdo sobre:
assaltoPotim

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.