Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Quadrilha invade mercado com caixa eletrônico em Guarulhos

Alarme disparou e policiais surpreenderam o bando durante o roubo; houve troca de tiros e um foi preso

Daniela do Canto, da Central de Notícias,

07 de julho de 2009 | 09h55

Uma quadrilha invadiu, na madrugada desta terça-feira, 7, um supermercado em Guarulhos, na Grande São Paulo, para roubar dinheiro de um dos caixas eletrônicos instalados no estabelecimento.

 

A Polícia Militar (PM) chegou ao local quando os cinco bandidos cortavam as gavetas do caixa com um maçarico. Os criminosos conseguiram fugir pelos fundos e pouco depois um homem foi detido nas imediações acusado de participar do crime. Com ele, foram encontradas uma das gavetas do caixa, que continha dinheiro, e um revólver calibre 38.

 

Segundo a PM, os bandidos invadiram pelos fundos o Supermercado Sublime, localizado na Estrada das Lavras, no Jardim Santo Expedito. Para entrar, eles renderam o vigia e o mantiveram sob a mira de armas, junto com outros três funcionários - dois faxineiros e um padeiro - que estavam no local.

 

Às 0h40, a PM recebeu um chamado do Centro de Operações da corporação, que foi acionado por meio do disparo do alarme do supermercado. Ao chegarem, os policiais do 31º Batalhão encontraram o bando tentando cortar as gavetas do caixa do banco Bradesco.

 

Quando perceberam a aproximação dos policiais, os bandidos fugiram a pé, pelos fundos. Ainda conforme a PM, durante a fuga eles atiraram várias vezes contra os policiais, antes de entrarem em um matagal que fica no final da rua. Nenhum policial foi atingido.

 

De acordo com os PMs, apenas uma das gavetas do caixa foi levada pela quadrilha. Outras três, que eles não conseguiram carregar, foram abandonadas no supermercado. No total, as quatro gavetas continham aproximadamente R$ 110 mil.

 

David Moreira Santos, de 21 anos, foi preso e levado ao 7º Distrito Policial de Guarulhos. Segundo a PM, ele já tem passagens por furto e receptação. Até o final da madrugada o restante da quadrilha não havia sido localizado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.