Quadrilha invade haras e faz família refém no Interior de SP

A Polícia Militar foi alertada pelo sistema de monitoramento e dois suspeitos acabaram mortos em tiroteio

Daniela do Canto, da Central de Notícias,

25 de setembro de 2009 | 03h58

 Um grupo de quatro ladrões armado de revólveres, pistola e espingarda invadiu um haras e fez nove pessoas reféns na noite desta quinta-feira,25, em Limeira (151 quilômetros de São Paulo). A Polícia Militar foi acionada e fez um cerco ao local. Houve troca de tiros. Dois suspeitos foram baleados. Um deles morreu no local e outro no hospital. Os outros dois acabaram presos.  Nenhuma das vítimas ou dos policiais envolvidos na ocorrência sofreu ferimentos.

 

Conforme a Polícia Militar, cinco assaltantes invadiram o Haras Ponta das Canas, que fica no km 141, 5 da Rodovia Anhanguera, sentido interior, no bairro dos Pereiras. Eles renderam integrantes da família e empregados que estavam no local e passaram a recolher objetos, que foram colocados no carro das próprias vítimas. Entre os reféns, havia três crianças. O sistema de monitoramento do haras detectou a presença dos criminosos e a empresa responsável avisou a PM.

 

Os policiais do 36º Batalhão do interior fizeram um cerco ao local. Segundo a PM, os ladrões começaram a atirar contra a equipe e houve o revide. Viaturas da Guarda Municipal (GM) foram ao local para dar apoio aos PMs. Os suspeitos baleados foram encaminhados à Santa Casa de Limeira. Foram apreendidos dois revólveres calibre 38, uma espingarda calibre 12 e uma pistola calibre 380.

 

De acordo com a PM, o bando é suspeito de praticar outros crimes em sítios na região. Em casos anteriores, as vítimas relataram que os bandidos estavam armados com uma espingarda de dois canos, como a apreendida no roubo ao haras.

Mais conteúdo sobre:
assaltoLimeiraharas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.