Quadrilha faz arrastão em prédio de desembargador do TJ-SP

Polícia não informou se o magistrado estava no apartamento que fica na zona sul da cidade

Ricardo Valota, da Central de Notícias,

16 Janeiro 2010 | 07h11

Armado com pelo menos cinco fuzis, um grupo de cerca de 15 criminosos permaneceu, entre as 17h30 e 20h30 da sexta-feira, 15, no Condomínio Saint James, localizado na Rua Domingos Augusto Setti, na Chácara Klabin, zona sul de São Paulo. Entre os moradores que tiveram os apartamentos invadidos está um desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo.

 

Ocupando um Fox cinza, parte dos bandidos não teve dificuldade alguma em entrar no prédio, pois a abertura foi feita pelo próprio porteiro, dominado em seguida, já que o sistema de controle remoto acionado pelos moradores está desde a última segunda-feira, 11, inoperante, à espera da troca de uma peça, que ainda não foi encontrada pela equipe de manutenção do condomínio.

 

Entre oito e 12 apartamentos foram invadidos, entre eles o do desembargador. Não foi informado pela polícia se o magistrado estava no apartamento. Os criminosos, na medida em que dominavam os moradores, colocavam todos no salão de festas do prédio. Os valores em joias, dinheiro e outros objetos não foi apurado ainda pela polícia.

 

Parte do boletim de ocorrência foi registrada na delegacia da Aclimação (5ºDP), mas quatro das vítimas compareceram no plantão do Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic), que ficará com a incumbência de tentar solucionar o caso.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.