Quadrilha explode cofre de agência bancária em Elias Fausto

Durante a ação, os criminosos dispararam tiros de fuzil contra uma base da Guarda Municipal, mas ninguém ficou ferido

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

05 de outubro de 2015 | 19h06

SOROCABA - Um bando armado usou um caminhão para interditar a via pública e explodiu o cofre de uma agência do Banco do Brasil, na madrugada desta segunda-feira, 5, em Elias Fausto, interior de São Paulo. Durante a ação, os criminosos dispararam tiros de fuzil contra uma base da Guarda Municipal, mas ninguém ficou ferido. O grupo saiu com malotes, mas a quantia furtada não foi divulgada.

De acordo com a Polícia Militar, cerca de dez homens, alguns deles encapuzados, participaram da ação. Na fuga, eles usaram dois automóveis da marca Audi e abandonaram o caminhão. Ninguém foi preso.

Violência. A cidade de Elias Fausto, na região de Piracicaba, vive momentos de violência. Na sexta-feira, 3, o prefeito Laércio Betarelli (PSDB) foi morto com seis tiros, dias depois de ter pedido ao secretário da Segurança Pública do Estado, Alexandre de Moraes, reforço no policiamento da cidade. O crime está sendo investigado.

Tudo o que sabemos sobre:
São PauloElias Fausto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.