Quadrilha é presa com cerca de 1 tonelada de maconha em SP

Droga estava escondida em uma carga de açúcar que trafegava na Rodovia Raposo Tavares; polícia monitorava a quadrilha há um mês

Ricardo Valota, do estadão.com.br

28 Agosto 2010 | 03h22

SÃO PAULO - Cerca de uma tonelada de maconha, escondida em uma carga de 35 toneladas de açúcar, foi apreendida, por volta das 19 horas de sexta-feira, 27, por policiais civis do Setor de Investigações Gerais (SIG) de Barueri (Grande São Paulo) na Rodovia Raposo Tavares, em Sorocaba, interior paulista.

Monitorando a quadrilha há cerca de um mês, os investigadores, sabendo que a droga vinha do Mato Grosso do Sul, pretendiam seguir o treminhão carregado com o açúcar e a maconha até o local onde a maconha seria descarregada, mas tiveram de prender os traficantes no Autoposto Boi Gordo, na altura do quilômetro 91 da Raposo Tavares.

Policiais militares do Patrulhamento Rural, ao passarem pela carreta biarticulada, notaram uma perfuração, semelhante a uma marca de disparo de arma de fogo, no vidro da cabine.

Acompanhando tudo de perto, os policiais civis tiveram que participar da abordagem após o motorista ser obrigado pelos PMs a entrar no pátio do posto. Um dos criminosos ainda tentou fugir a pé, mas foi preso.

Foram detidos Luiz Carlos Rodrigues, de 39 anos, Emerson Agadir de Almeida, 33, Rogério Paulo Pereira, 29, e Claudemir dos Santos, 34.

Segundo a polícia, Rogério era quem intermediava as negociações entre os compradores e os fornecedores da droga. Luiz Carlos já era procurado pela justiça.

As investigações do SIG começaram depois que policiais civis foram informados sobre uma festa promovida por traficantes para comemorar a chegada de um carregamento de maconha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.