Quadrilha é presa com carro oficial da Câmara de Ferraz

Segundo as primeiras informações policiais, um dos detidos seria assessora de um vereador da cidade

Andressa Zanandrea, Jornal da Tarde

26 de junho de 2008 | 11h55

Parte de uma quadrilha que usava um carro oficial da Câmara de Ferraz de Vasconcelos, município da Grande São Paulo, foi presa em flagrante, na madrugada desta quinta-feira, 26, ao tentar furtar um caixa eletrônico com um maçarico na Vila Maria, Zona Norte da Capital. Um dos sete homens detidos, Alexandre Machado Cruz, seria, segundo a polícia, assessor de um vereador de Ferraz. Por volta de 1h30, policiais da Força Tática do 5º Batalhão, em patrulhamento pela Rua Osaka, viram cerca de 15 pessoas na parte em que ficam os caixas eletrônicos e do lado de fora da agência do Itaú localizada na Praça Nippon. Ao ver a viatura, os suspeitos teriam tentado fugir. Sete homens foram presos, em dois Gols brancos, um deles com identificações da Câmara Municipal de Ferraz de Vasconcelos. No banco, foi deixado o maçarico, dentro de uma mala, além de um galão com 5 litros de água - usada para resfriar o maçarico. Apenas um corte havia sido feito no caixa eletrônico. Não foram levadas quantias em dinheiro nem localizadas armas. Para facilitar a ação, vidros da agência bancária foram cobertos com sacos de lixo pretos. Três câmeras de vigilância foram tapadas com tinta spray preta, enquanto uma quarta foi coberta por um pacote de salgadinho.Os suspeitos contaram aos policiais que aquela seria a primeira vez que fariam esse tipo de crime. Segundo os policiais, no entanto, três deles teriam passagens por crimes como roubo, furto e receptação. Os detidos foram encaminhados ao 19º Distrito Policial, da Vila Maria. Além de Cruz, foram presos James William Torres, Alessandro Vieira Lira, José Marcos Barreto, Armando Rodrigues da Silva e os irmãos Jilson e Wilson da Silva Viana.

Tudo o que sabemos sobre:
quadrilhaFerraz de Vasconcelhos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.