JB Neto/AE
JB Neto/AE

Quadrilha armada com fuzis invade metalúrgica na zona sul de SP

Houve troca de tiros e perseguição na Marginal Tietê; ninguém ficou ferido e os assaltantes estão foragidos

Bruno Lupion, do estadão.com.br,

03 Setembro 2010 | 08h45

SÃO PAULO - Uma indústria metalúrgica na região de Santo Amaro, zona sul da capital, foi invadida por cinco ladrões fortemente armados por volta das 3 horas desta sexta-feira, 3, quando cerca de 200 funcionários trabalhavam no período noturno. Um dos operários chamou a polícia e houve troca de tiros com os assaltantes, que fugiram sem levar nada. Os policiais acreditam que a quadrilha buscava três caixas eletrônicos do Banco do Brasil instalados no local.

 

Os ladrões cortaram o arame farpado, pularam o muro lateral da indústria, que fica na Rua Engenheiro Francisco Pitta Brito, e foram direto ao ambulatório, onde renderam cerca de dez funcionários. "Alguns se vestiram com o uniforme da fábrica para não serem reconhecidos, mas um operário percebeu a ação e ligou para o 190", disse o tenente Ramos.

 

A quadrilha fugiu com a chegada da polícia e, na troca de tiros, uma da viaturas foi atingida no para-lamas por uma bala de fuzil, mas ninguém se feriu. Os ladrões escaparam em uma Blazer preta e houve perseguição pela Marginal Tietê. Até a manhã desta sexta-feira, ninguém havia sido preso. O caso foi registrado no 11º Distrito Policial, em Santo Amaro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.