Quadra da Rosas de Ouro é liberada após ter ficado 24 horas interditada

A quadra da escola de samba Rosas de Ouro, na Freguesia do Ó, na zona norte de São Paulo, foi liberada ontem, após ter ficado 24 horas interditada por falta de segurança pela Prefeitura. A liberação ocorreu depois que a presidente da agremiação, Angelina Basílio, assinou um termo de obrigações com a administração municipal, comprometendo-se a adequar o local aos pedidos feitos pelos bombeiros, que inspecionaram o espaço no sábado. O endereço consta da lista de "locais de reunião" sem auto de vistoria dos bombeiros. Sem dar detalhe sobre os ajustes que terão de ser feitos, a presidente da escola disse que o espaço está liberado para receber os integrantes, apesar de não haver mais ensaio até o carnaval. A reportagem procurou a Prefeitura à noite, mas não conseguiu contato. A quadra estava aberta ontem para a entrega de fantasias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.