Quadra da escola de samba X-9 Paulistana é lacrada em SP

Subprefeitura diz que atendeu determinação da Justiça, a pedido do MP; agremiação não soube informar motivo

Solange Spigliatti, Central de Notícias

11 Fevereiro 2011 | 14h08

SÃO PAULO - A quadra da escola de samba X-9 Paulistana, na Avenida Luís Dumont Villares, na Parada Inglesa, zona norte da capital paulista, foi lacrada na manhã desta sexta-feira, 11. Segundo a secretaria das subprefeituras, a quadra da escola de samba foi lacrada pela Subprefeitura Vila Maria/Vila Guilherme, atendendo à determinação da Justiça, a pedido do Ministério Público.

 

Segundo a assessoria da escola, o presidente da X-9, José Manoel Gaspar, compareceu à subprefeitura da Vila Maria para saber o motivo da lacração e já tomou providências jurídicas necessárias para reverter a situação.

A assessoria de imprensa da agremiação, que amanhã faz sua 26ª festa de aniversário, não soube informar qual seria o motivo para a lacração do espaço. A escola também tem um ensaio previsto para a noite de hoje. Nenhum dos dois eventos foi desmarcado, por enquanto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.