Fábio Motta/ AE
Fábio Motta/ AE

Público enfrenta filas e confusão na retirada do cartão de ônibus para o Rock In Rio

Passes vips de ida e volta para a Cidade do Rock foram vendidos online por R$ 35; ontem, espera passava de 3 horas

Bruno Boghossian - O Estado de S. Paulo , O Estado de S.Paulo

23 de setembro de 2011 | 03h05

RIO - Compradores dos bilhetes de ônibus especiais para o Rock in Rio, que começa hoje, voltaram a enfrentar filas de mais de três horas para retirar os passes adquiridos por R$ 35 pela internet. As empresas de ônibus do município, responsáveis pela venda dos bilhetes, transferiram a entrega dos cartões para lugares maiores, mas a medida não acabou com a confusão.

No ponto de retirada criado ontem, no centro da cidade, os clientes já formavam fila antes das 7h da manhã, apesar de o horário de abertura estar marcado para as 9h. O estudante Nicholas Shores, de 20 anos, chegou ao posto às 7h30 e encontrou cerca de 150 pessoas à frente. Apesar de ter comprado o cartão no dia 9, só conseguiu pegá-lo ontem, depois de 3h40 de espera. "Não imaginava que fosse tão difícil pegar o bilhete", disse.

Compradores reclamavam da falta de informações sobre os endereços de retirada dos cartões, que dão direito a viagens de ida e volta em um dia do festival, em ônibus com ar-condicionado.

O transporte até a Cidade do Rock, na zona oeste, também será feito em linhas de ônibus comuns, cujas passagens custam R$ 2,50. Para a saída do festival, no entanto, o pagamento não poderá ser feito em dinheiro. Os frequentadores deverão comprar cartões pré-pagos com antecedência. Mais informações sobre transporte público no www.cartaoriocard.com.br/rockinrio/.

Preparativos. A Cidade do Rock recebeu no fim da tarde a cantora Katy Perry, que se apresenta nesta sexta-feira, 23, no Palco Mundo. A cantora americana participou dos testes de luz e som e ensaiou coreografias. Katy desembarcou ontem no Aeroporto do Galeão com máscara de Carmen Miranda. Há previsão de chuva para este fim de semana na cidade.

A Polícia Militar destacou 673 homens para fazer a segurança na Cidade do Rock e 402 agentes da Guarda Municipal e da Secretaria de Ordem Pública da cidade atuarão para coibir estacionamento irregular e ambulantes.

Guardas municipais prometem entrar em greve a partir de hoje por melhores salários. A categoria garante que manterá efetivo de 30% trabalhando.

Tudo o que sabemos sobre:
Rock In Riocidade do RockRio Card

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.