Psicóloga some após ser vista chegando em casa

A polícia do Rio investiga o sumiço da psicóloga Karen Tannhauser, de 37 anos. As câmeras do prédio onde ela mora, na zona sul, mostram sua chegada na tarde de 31 de dezembro, mas não há registro de que tenha saído. A mãe de Karen voltou para casa na noite do dia 31 e não a encontrou.

, O Estado de S.Paulo

03 Janeiro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.