Protestos bloqueiam vias do centro e zona leste da capital paulista

Cerca de cem manifestantes chegaram a ocupar todas as faixas da Marginal do Tietê no sentido Ayrton Senna

O Estado de S. Paulo

03 de junho de 2014 | 20h14

Atualizada às 21h59

SÃO PAULO - Na noite desta terça-feira, 3, vias do centro e da zona leste da capital estão interditadas por grupos de manifestantes. Durante toda esta terça houve protestos na capital, como os de professores e funcionários municipais, professores das universidades estaduais de São Paulo, entre outros grupos.  

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), às 19h30, um grupo de manifestantes  interditou totalmente o viaduto Domingos Franciulli Neto, sentido bairro, próximo à avenida Gabriela Mistral, na zona leste. Segundo a Polícia Militar, os cerca de cem manifestantes começaram a protestar às 18h25 e chegaram a ocupar todas as faixas da pista sentido Ayrton Senna da Marginal Tietê. A PM informou que o ato seria contra a reintegração de posse de uma ocupação na região.

Durante a manifestação na zona leste, um grupo tentou incendiar um ônibus coletivo no cruzamento das avenidas Governador Carvalho Pinto e Gabriela Mitral. Segundo informações da Polícia Militar, não houve feridos e ninguém foi detido. 

Já no centro um grupo de funcionários do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) se juntou com professores municipais na frente do Viaduto do Chá. Às 19h30, segundo a PM, cerca de mil pessoas estavam no local. Os funcionários do CCZ começaram a manifestação às 10h30, na Avenida Santos Dumont, em Santana, na zona norte, e caminharam até a Praça da República. Chegaram ao Viaduto do Chá, na frente da Prefeitura, por volta das 14 horas e lá permaneciam protestando até as 19h30. 

Já na Avenida Paulista um grupo de 30 manifestantes reivindicam que Bashar al-Assad saia da presidência na Síria. O grupo bloqueia a faixa da direita do sentido Consolação da via. Segundo a CET, há trânsito lento por aproximação. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.