Protesto desvia dez linhas de ônibus na região central de SP

Proprietários de vans fizeram ato na frente da Secretaria de Transportes, na Rua Boa Vista, e depois saíram em passeata 

Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

29 Junho 2015 | 08h15

SÃO PAULO - Um protesto na frente da Secretaria Municipal de Transportes bloqueou por quase duas horas a Rua Boa Vista, na região central de São Paulo, e fez com que dez linhas de ônibus precisassem ser desviadas na manhã desta segunda-feira, 29. O grupo, formado por cerca de 40 proprietários de vans, segundo a Polícia Militar, saiu em passeata após o ato.

Os manifestantes interditaram a faixa da direita da Rua Boa Vista por volta das 6h15. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o local estava liberado por volta das 8h - horário em que o grupo marchava na Avenida 23 de Maio, próximo à Avenida Brigadeiro Luiz Antônio.

Às 8h15, a região central passou a registrar 12 quilômetros de lentidão - cerca de 22% dos congestionamentos de toda a cidade no horário (53 km). De acordo com a Polícia Militar, o protesto é pacífico até o momento e ninguém foi detido.

Por causa da manifestação, a São Paulo Transporte (SPTrans) precisou fazer o desvio de dez linhas de ônibus, que trafegam entre a Rua Boa Vista e a Líbero Badaró. Os veículos passaram a fazer o acesso pela região da Praça da Sé. 

Veja a relação das linhas que sofreram desvio: 

2002-10 - Terminal Parque D.Pedro II/Terminal Bandeira

407M-10 - Vila Monumento/Praça da Sé

408A-10 - Machado de Assis/Cardoso de Almeida

4112-10 - Santa Margarida Maria/Praça Da República

4113-10 - Gentil de Moura/Praça Da República

508L-10 - TerminalPrincesa Isabel/Aclimação

7411-10 - Cidade Universitária/Praça Da Sé

8615-10 - Parque Da Lapa/Terminal Parque D.Pedro II

908T-10 - Terminal Parque D.Pedro II/Butantã

930P-10 - Terminal Parque D.Pedro II/Terminal Pinheiros

Mais conteúdo sobre:
Trânsito São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.