Nilton Fukuda/AE
Nilton Fukuda/AE

Protesto interdita Avenida Brigadeiro pela redução nos juros do cartão de crédito

Manifestantes se reúnem em frente à sede de cartões Visa; duas faixas no sentido Pinheiros estão bloqueadas

09 de maio de 2012 | 10h40

São Paulo, 9 - Cerca de 100 pessoas com faixas de protesto e com um carro de som interditam a Avenida Brigadeiro Faria Lima, em frente à sede dos cartões Visa na manhã desta quarta-feira, 9. De acordo com a Polícia Militar o grupo seria formado por membros da União Geral dos Trabalhadores que pedem por redução dos juros nos cartões de crédito.

Os manifestantes começaram a se reunir por volta das 9h30 desta quarta, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), há duas faixas da Avenida Brigadeiro interditadas no sentido Pinheiros. Às 10h20 o grupo permanecia na altura do número 3.729, em frente à sede dos cartões Visa.

A informação da CET é de que não há congestionamento no local, apenas lentidão por aproximação. A Polícia Militar afirma que o movimento é pacífico e não há previsão do grupo de sair em passeata.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.