Protesto deixa usuários sem ônibus suburbanos em Sorocaba

Ato, liderado por sindicato dos rodoviários, interrompe o transporte para 13 cidades da região entre 5 horas e 9 horas desta segunda

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

15 Junho 2015 | 08h23

SOROCABA - Um protesto liderado pelo Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região deixou milhares de trabalhadores e estudantes sem transporte, na manhã desta segunda-feira, 15. A manifestação, iniciada às 5 horas, deveria se estender até as 9 horas, segundo o sindicato.

Os ônibus entre Sorocaba e 13 cidades da região não circularam. Cerca de dois mil funcionários cruzaram os braços, mas o sindicato informou que 30% dos condutores estavam trabalhando. Um aviso prévio sobre o protesto não evitou que milhares de usuários permanecessem nos pontos de embarque aguardando a condução.

Os trabalhadores reivindicam reajuste correspondente à inflação, mais 6%, redução de jornada e manutenção de benefícios. De acordo com Gileno dos Santos, presidente da categoria, se não houver acordo, pode ser decretada greve a partir desta terça-feira, 16.

Mais conteúdo sobre:
Protesto Sorocaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.