Protesto contra pedágio na Castelo Branco reúne 200 pessoas

Cobrança nas pistas expressas começou neste domingo; manifestação causou lentidão na via do km 15 ao 18

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

18 Janeiro 2010 | 18h30

Cerca de 200 pessoas realizam um protesto na tarde desta segunda-feira, 18, na Rodovia Castelo Branco, sentido interior, contra o início da cobrança de pedágio nas pistas expressas da via.

 

De acordo com a concessionária que administra a rodovia, ViaOeste, os manifestantes se concentraram às 17 horas na altura do quilômetro 18, em Osasco, na Grande São Paulo. O protesto é pacífico. A Viaoeste informou que algumas cabines da praça de pedágio foram fechadas por precaução.

 

Por volta das 18h20, a manifestação causava reflexo no trânsito da rodovia, que apresentava lentidão do km 15 ao 18, sentido interior. Em direção a capital paulista, existe morosidade entre o km 23 e 20.

 

PEDÁGIO

 

A cobrança nas pistas expressas da Castelo Branco teve início a 0 hora deste domingo, 17. Antes, o pedágio era válido para a pista marginal. As praças de cobrança foram instaladas nos km 18, sentido interior, e no km 20, sentido capital.

 

Com a mudança, o valor da tarifa na pista marginal da Castelo para carros de passeio caiu de R$ 6,50 para R$ 2,80. Veículos como caminhões e ônibus pagam R$ 2,80 por eixo. Na altura do km 33, na praça de Itapevi, sentido interior, a tarifa passou de R$ 11,20 para R$ 5,60.

Mais conteúdo sobre:
SPpedágio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.