Protesto bloqueia Régis Bittencourt por mais de 2 horas em Itapecerica da Serra

Manifestação contra a falta de passarela reuniu cerca de 200 pessoas no quilômetro 295

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

25 de fevereiro de 2012 | 01h18

SÃO PAULO - Cerca de 200 moradores do bairro Potuverá, em Itapecerica da Serra, região sudoeste da Grande São Paulo, bloquearam, entre as 20h e 22h30 desta sexta-feira, 24, a pista sentido Curitiba da Rodovia Régis Bittencourt no quilômetro 295.

 

O grupo protestou contra a falta de uma passarela naquele trecho, o que vem causando vários atropelamentos. Um deles, fatal, ocorreu na última terça-feira, 21, de Carnaval, quando alguns moradores tentaram bloquear a rodovia, mas não conseguiram porque estavam em um número pequeno.

 

Desta vez, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) teve que pedir auxílio de policiais militares do 25º Batalhão para dispersar as dezenas de manifestantes. Não houve confronto. Pneus, madeiras e objetos em geral foram queimados na pista, causando o bloqueio total. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) nenhuma pessoa foi presa.

 

Por causa do bloqueio, o congestionamento na pista sentido Curitiba da Régis Bittencourt chegou a 20 mil metros, até o quilômetro 275, em Taboão da Serra, cidade vizinha a Itapecerica da Serra. O Rodoanel Metropolitano Mário Covas também foi afetado pelo bloqueio, que causou congestionamento entre os quilômetros 29 e 27, em Embu das Artes. O tráfego neste trecho foi normalizado à 0h45 deste sábado, 25.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.