Proposta esbarrou na legislação

Bike Bus, projeto para colocar suportes para bicicletas nos ônibus de SP

Renato Machado, O Estado de S.Paulo

03 de fevereiro de 2011 | 00h00

Acabou não dando certo o projeto para a colocação de um suporte para transportar bicicletas nos ônibus. O modelo foi apresentado em abril do ano passado pela Viação Sambaíba à Secretaria Municipal dos Transportes, que deu aval para o início dos testes. A proposta já vinga em países como Estados Unidos e Inglaterra e consiste na colocação de um rack com capacidade para três bicicletas na frente dos ônibus. Elas ficam presas por uma trava que só o motorista pode liberar, por dentro do veículo, impedindo roubos. A estimativa é que demore cerca de 20 segundos para que a bike seja colocada ou retirada.

O principal entrave para a medida no Brasil é que a legislação de trânsito não permite que as bicicletas sejam transportadas na frente. A resolução 349 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), de maio do ano passado, abrandou as regras para o transporte de bicicletas, permitindo que elas fossem transportadas em pé na parte de cima do carro. As outras opções são deitadas em cima ou na parte de trás dos veículos, desde que não atrapalhem a visão dos motoristas.

"Como a legislação em vigor não permite as alterações sugeridas, o processo foi interrompido", afirmou a Secretaria Municipal dos Transportes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.