Propina leva policiais rodoviários à prisão

Oito policiais rodoviários que atuavam em um posto policial de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, foram presos ontem acusados de cobrar propina para não multar motoristas. Eles fiscalizavam trechos de duas rodovias (RJ 116 e RJ 142) e exigiam dinheiro (de R$ 10 a R$ 150) de quem trafegava por ali, mas aceitavam até queijo e goiabada para liberar os veículos - em geral, de carga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.