Propaganda de carro terá dicas de trânsito

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) definiu o conteúdo educativo que deve ser divulgado com propagandas de carros. Em resolução publicada ontem no Diário Oficial, o órgão estabeleceu as seis frases que devem ser usadas. Os avisos incentivam o uso de equipamentos de segurança e atitudes conscientes no trânsito. Os responsáveis pelos comerciais terão 60 dias para a adaptação da publicidade.

Nataly Costa e Renato Machado, O Estado de S.Paulo

05 de agosto de 2010 | 00h00

A regra é igual à das bebidas alcoólicas. No caso dos automóveis, as propagandas devem ser veiculadas com uma das frases que lembram aos motoristas que respeitem as sinalizações e tenham cuidado com pedestres, por exemplo. A obrigatoriedade foi sancionada em julho do ano passado.

Em julho, o Contran definiu as regras específicas para cada mídia. Para rádio, por exemplo, o locutor deve ler uma das frases após a assinatura da marca do anunciante. Os anúncios televisivos devem mostrar a mensagem em forma de texto, com duração de pelo menos três segundos. Quem desrespeitar a regra estará sujeito a advertências, suspensão da propaganda por 60 dias e multa de até R$ 5 mil.

A regra foi apoiada por entidades ligadas à indústria automotiva. Por outro lado, os publicitários são contra. "Compete às autoridades educar a população, e não obrigar as agências a travestir os anúncios comerciais de anúncios educativos", disse o presidente da Associação dos Profissionais de Propaganda, Paulo Chueiri. "Não é igual aos anúncios de cigarro. Carros não são perniciosos como o fumo."

As frases

"Respeite a sinalização de trânsito"

"Faça revisões em seu veículo regularmente"

"No trânsito somos todos pedestres"

"Capacete é a proteção do motociclista"

"Cinto de segurança salva vidas"

"Transporte com segurança, use a cadeirinha"

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.