Promotoria investiga projeto de túneis na Chácara Klabin

Laudo particular aponta desapropriações, que a Prefeitura nega; MP ainda cobra relatórios ambientais e de trânsito

Felipe Oda, Luísa Alcalde, O Estado de S.Paulo

12 de novembro de 2010 | 00h00

A Promotoria de Habitação e Urbanismo do Ministério Público Estadual (MPE) abriu ontem um inquérito civil para apurar eventuais irregularidades no projeto básico do Complexo Viário Sena Madureira, que será construído na zona sul de São Paulo. A decisão partiu do promotor Raul de Godoy Filho.

A obra, orçada em R$ 219 milhões, prevê a construção de novas vias e dois túneis e deverá ser entregue em 2012. Segundo um laudo técnico particular encomendado por moradores dos bairros Chácara Klabin e Vila Mariana, a obra vai desapropriar 16 casas de um condomínio residencial e um prédio de 48 apartamentos de alto padrão, avaliados em até R$ 1,3 milhão.

A Prefeitura, entretanto, vem negando que haverá desapropriações. Anteontem, por meio de nota, a administração municipal afirmou que "algumas plantas do projeto básico identificavam a possibilidade de algumas desapropriações, que foram eliminadas por intermédio de pequena alteração no traçado".

Godoy Filho também enviou ontem ofícios para a Eletropaulo requisitando informações sobre a poluição eletromagnética da linha de transmissão da estatal que existe no entorno da obra, ao lado das Ruas São Gilberto e Doutor Barros Cruz, na Chácara Klabin. Ele também quer que a Subprefeitura da Vila Mariana preste esclarecimentos sobre o Estudo de Impacto Ambiental (Eia-Rima) e sobre o Estudo de Impacto da Vizinhança que foram realizados na região após a confecção do projeto básico da obra.

O promotor pede, ainda, informações da Companhia de Engenharia de Trânsito (CET) sobre o impacto do trânsito no entorno do empreendimento e solicita que seja realizada análise de polo gerador de tráfego nos bairros que serão afetados.

Câmara. O Superintendente de Projetos Viários da SPObras, Luiz Augusto Brunhera, foi convidado a prestar esclarecimentos sobre o projeto do Complexo Sena Madureira, na próxima quarta-feira, na Comissão de Finanças da Câmara Municipal.

O vereador Antônio Donato (PT) protocolou no início do mês pedido de abertura de uma CPI para investigar contratos firmados pelo poder público com empreiteiras para realizar grandes obras, como o túnel que vai ligar as Avenidas Sena Madureira e Doutor Ricardo Jafet.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.