Projeto torna hediondo crime na área de saúde

Os crimes em contratos de saúde e educação - como verba para merenda - praticados por quadrilhas ou por meio de corrupção serão considerados hediondos, segundo projeto de lei do senador Lobão Filho (PMDB-MA) aprovado ontem na Comissão de Educação do Senado. O texto vai agora à Comissão de Constituição e Justiça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.