Projeto prevê bônus a policiais de SP por cumprimento de metas

Programa de bonificação dá pagamento máximo de R$ 8 mil por ano aos policiais que atingirem objetivos estabelecidos de redução ou manutenção de criminalidade

O Estado de S. Paulo

25 Julho 2014 | 20h36

A Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou no mês passado, por 54 votos a favor e 19 contra, o projeto do Executivo apresentado em janeiro que institui bônus por Resultados aos integrantes das Polícias Civil, Técnico-científica e Militar, em caso de menor criminalidade. Falta ainda regulamentação. 

Orçado entre R$ 500 milhões e R$ 800 milhões, o programa de bonificação prevê um pagamento máximo de R$ 8 mil por ano aos policiais que cumprirem todas as metas estabelecidas de redução ou manutenção de criminalidade. O repasse, no entanto, é flexível, de acordo com o número de objetivos atingidos. 

Há um bônus padrão, para os policiais de todas as unidades participantes do programa, se o Estado como um todo atingir as metas em cada quesito (homicídios, roubos e roubos e furtos de veículos) e um adicional, que será pago se a área específica do policial atingir os resultados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.