Projeto para fazer licitações está parado

Projeto para fazer licitações está parado

PARA ENTENDER

, O Estadao de S.Paulo

31 Março 2010 | 00h00

A lei que permite conceder à iniciativa privada a gestão de 1 mil relógios de rua e de 1.820 abrigos de ônibus, além dos que já estão nas ruas de São Paulo, ainda tramita no Legislativo paulistano. O projeto autoriza o Executivo a fazer a licitação para a exploração dos equipamentos por um prazo de até 30 anos. A concessão poderá render aos cofres públicos cerca de R$ 2 bilhões e pode ser assumida por consórcio de empresas.

Mas, em ano eleitoral, com pelo menos 23 dos 55 dos vereadores pré-candidatos no pleito de outubro, e parte de sua base insatisfeita na Câmara, o prefeito Gilberto Kassab (DEM) tem no momento poucas chances de conseguir levar a proposta para votação. O texto ainda tramita nas comissões da Casa.,

A intenção de permitir propaganda em aparelhos municipais, como os relógios e abrigos, havia sido anunciada em 2007, mas pouco avançou até fevereiro deste ano, quando o texto do Executivo foi encaminhado aos vereadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.