Projeto foi lançado por Prestes Maia

A Avenida 23 de Maio, que faz parte do corredor Norte-Sul de São Paulo, foi projetada em 1937 pelo então prefeito Francisco Prestes Maia. Originalmente, ela se chamaria Avenida Itororó. Mas só foi concluída em 1967, durante a gestão de José Vicente Faria Lima, como ligação entre a região central da capital e o Aeroporto de Congonhas, na zona sul.

O Estado de S.Paulo

24 de junho de 2012 | 03h04

Os dois prefeitos são reconhecidos historicamente como grandes "tocadores de obras" e foram responsáveis pela construção e modernização das principais avenidas da capital.

A 23 de Maio foi construída como uma via expressa sobre a região que fazia parte do Córrego Itororó. A avenida foi uma das primeiras da capital a ter, em 2010, a velocidade reduzida de 70 km/h para 60 km/h. Também em 2010, a Prefeitura tentou proibir o uso da via por motociclistas, construindo uma faixa exclusiva na Rua Vergueiro, paralela.

O argumento era de que a maior parte dos acidentes envolvia motos. Mas a ideia não teve sequência. Nos anos 1970, o excesso de velocidade e curvas então com geometria desfavorável eram os principais motivos dos acidentes.

O nome da avenida é uma homenagem aos estudantes Martins, Miragaia, Drauzio e Camargo, que foram mortos em um episódio que antecedeu a Revolução Constitucionalista de 1932. / WILLIAM CARDOSO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.