Projeto deve começar em outubro

Discutida desde 1997 em São Paulo, a acomodação do lixo domiciliar em contêineres de plástico deveria ter sido implementada cinco anos após a assinatura dos atuais contratos de limpeza urbana, licitados em julho de 2003. Além de ajudar na separação de resíduos orgânicos e recicláveis, o que facilitaria a ampliação da coleta seletiva, os contêineres poderiam acelerar a substituição de sacolinhas plásticas. Um projeto-piloto deve começar a ser testado em outubro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.