Projeto de túnel deve mudar pouco

Apesar de manter projetos atuais, Fernando Haddad (PT) foi eleito com a promessa de mudança e com o argumento de que São Paulo "está parada há oito anos". Uma das maiores marcas de Gilberto Kassab (PSD) em sua segunda gestão, o túnel que ligará a Avenida Jornalista Roberto Marinho à Rodovia dos Imigrantes será levado adiante.

O Estado de S.Paulo

04 de novembro de 2012 | 02h01

Com contratos de R$ 3 bilhões já assinados e canteiro de obras em funcionamento, o túnel deve sofrer poucas alterações, ao contrário do que defendia a bancada do PT na Câmara.

Cerca de 40 mil famílias de 16 favelas vão ser removidas ao longo da avenida. / A.F. e D.Z.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.