Proibir caminhões será bom para SP?

Debate

, O Estado de S.Paulo

29 de julho de 2010 | 00h00

Antonio Wrobleski Filho*

SIM

A Prefeitura de São Paulo acertou ao proibir os caminhões nessas vias e se antecipou à cobrança de pedágio no Trecho Sul do Rodoanel, o que certamente faria os veículos de carga retornarem para a cidade. É inadmissível que grandes caminhões ainda precisem entrar nas regiões centrais para realizar as entregas. A logística das empresas precisa ser bem pensada e organizada, para que a carga chegue a um armazém nas rodovias e depois seja levada até a cidade em caminhões menores, como os Veículos Urbanos de Carga (VUCs). Há cidades como Dallas, nos EUA, com nove rodoanéis, e mesmo assim os caminhões não entram na cidade, o que agravaria o trânsito.

É ESPECIALISTA EM TRANSPORTES E LOGÍSTICA

Manoel Sousa Lima Júnior*

NÃO

Ao proibir caminhões na Bandeirantes, Roberto Marinho e Marginal do Pinheiros, a Prefeitura esquece que nem todos os caminhões seguem para o Porto de Santos. Muitos deles são responsáveis pelo abastecimento da cidade - por isso o Rodoanel não influencia nesses casos. O setor concorda que as entregas nas regiões centrais precisam ser feitas com os VUCs. Mas a Marginal e a Bandeirantes são vias que concentram algumas indústrias pesadas. E a carga que as abastece é de grande peso e volume, não podendo ser fracionada. Mesmo para os que vão para o Porto de Santos, o Rodoanel em determinados trechos não oferece as condições de segurança adequadas.

É PRESIDENTE DO SETCESP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.