Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Programa Ruas Abertas é suspenso no domingo de eleição

Medida tem objetivo de garantir o deslocamento dos eleitores e o acesso às zonas eleitorais durante a votação; frota de ônibus será acrescida em 26% em relação a um domingo normal

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

26 de outubro de 2018 | 08h55

SÃO PAULO - A Prefeitura de São Paulo suspenderá o programa Ruas Abertas no próximo domingo, 28, por causa do segundo turno das eleições. As avenidas Paulista e Sumaré estão entre as vias participantes do programa.

A medida atende a um pedido do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo e tem objetivo de garantir o deslocamento dos eleitores e o acesso às zonas eleitorais durante a votação.

A suspensão fará com que a circulação de veículos seja liberada, excepcionalmente, por conta das eleições 2018. As atividades serão retomadas no dia 4 de novembro, das 10h às 16h, com atrações e atividades para população.

A SPTrans irá reforçar o transporte municipal em todas as regiões da cidade para facilitar o acesso dos eleitores às suas seções eleitorais neste domingo. No total, a frota de ônibus será acrescida em 26% em relação a um domingo normal.  Os coletivos circularão normalmente nas vias que integram o programa Ruas Abertas, como a Avenida Paulista.

Confira a relação de vias que participam do programa Ruas Abertas:

- Avenida Paulista

- Rua Cássio de Almeida

- Rua Professor Onésimo Silveira

- Rua Medeiros de Albuquerque

- Rua Terezinha do Prado Oliveira

- Avenida Vereador Abel Ferreira

- Avenida Luiz Gushiken

- Avenida Sumaré

- Rua São Luiz Gonzaga

- Rua Monte Camberela

- Rua Aída

- Avenida José da Natividade Saldanha

- Avenida Milene Elias

- Avenida Kohun Takara

- Rua Benedito Galvão

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.