Programa para recuperar Guarapiranga vai usar ''ecobarreiras'' para conter o lixo

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) lançou ontem um programa para tentar recuperar a Represa do Guarapiranga, na zona sul de São Paulo. A primeira medida é a colocação de "barreiras ecológicas" em 11 córregos que deságuam na represa. Cada barreira - que, na prática, é uma rede - deve barrar 20 metros cúbicos por dia de lixo em tempo seco e 30 metros cúbicos de resíduos em dias de chuva.

, O Estado de S.Paulo

08 de junho de 2011 | 00h00

O material será recolhido diariamente por um barco e levado para um aterro sanitário.

Outra frente do programa será a remoção de lixo acumulado no fundo da represa, serviço que será feito por um barco com capacidade para retirar material que esteja a até 6 metros de profundidade. Esse trabalho vai começar no ano que vem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.