Divulgação/ Prefeitura de São Paulo
Divulgação/ Prefeitura de São Paulo

Programa Cidade Solidária já entregou 5,3 milhões de cestas básicas

Para ajudar a população mais vulnerável da cidade durante a crise da covid-19, Prefeitura de São Paulo, sociedade civil e iniciativa privada também distribuíram mais de 8,3 milhões de refeições

Prefeitura de São Paulo, Estadão Blue Studio

19 de dezembro de 2021 | 08h00

Buscando garantir a segurança alimentar das populações mais vulneráveis durante a pandemia, a Prefeitura de São Paulo lançou o programa Cidade Solidária em março de 2020. A iniciativa, em conjunto com entidades da sociedade civil e a iniciativa privada, tem o objetivo de distribuir alimentos e produtos de higiene e limpeza para as pessoas e famílias que vivem em situação de extrema pobreza.

Nesta reta final do ano, para intensificar as ações do programa, um novo lote de 1 milhão de cestas básicas foi entregue. Desde o início da crise da covid-19, o Cidade Solidária já forneceu 5,3 milhões de cestas básicas, o equivalente a 68.853 toneladas de alimentos.

Ao longo desse período, o programa inscreveu 3,4 mil entidades sociais que realizam a distribuição das cestas para as populações em situação de vulnerabilidade social. Somente em 2021 foram cadastradas 2 mil organizações, o que representa um aumento de 42% em relação ao ano anterior. Diariamente, cerca de 30 caminhões circulam por todas as regiões da cidade para entregar as cestas básicas e os kits de higiene e limpeza para as entidades registradas no programa. Estas, por sua vez, fazem com que os produtos cheguem às mãos de quem mais necessita.

Além das cestas básicas, a Prefeitura de São Paulo também oferece refeições prontas para a população em situação de rua que vive na capital. Durante esses 20 meses, foram entregues mais de 8,3 milhões de refeições, por meio de programas como Rede Cozinha Cidadã e Rede Cozinha Cidadã Comunidades. Somente a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) fornece 260 mil refeições por dia, entre café da manhã, almoço e jantar.

Pessoas físicas, organizações civis e grupos interessados em colaborar com a rede de distribuição de refeições prontas podem acessar a plataforma Sampa+Solidária (sampamaissolidaria.prefeitura.sp.gov.br). A ferramenta permite tanto o cadastro de novas iniciativas como a visualização, por meio de um mapa interativo, dos pontos de entrega, divididos entre iniciativas do poder público (como Rede Cozinha Cidadã e Bom Prato) e da sociedade civil. São 586 iniciativas cadastradas. De cada uma, é possível acessar uma ficha com informações como local de distribuição das refeições, dia e horário, número de refeições entregues, contatos e se aceita novas doações ou voluntários.

Ao reunir esses dados, além de evitar duplicidade na distribuição de refeições e organizar melhor o atendimento, a prefeitura reforça as ações filantrópicas de entidades independentes. Já foram doados às organizações inscritas 131.520 copos d'água, 60 mil máscaras, 4.050 luvas e 32 mil embalagens de marmita.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.