Professora é baleada por ladrões de carro

A professora Márcia Cristina Lousan, de 46 anos, foi baleada no ombro, às 18h30 de ontem, após ser assaltada na porta da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Pedro Nava, na Rua Joaquina da Lapa, no Rio Pequeno, zona oeste da capital. Até as 22 horas, Márcia continuava no centro cirúrgico do Hospital e Maternidade Mário Degni.

CAMILLA HADDAD, O Estado de S.Paulo

02 Outubro 2012 | 03h04

Segundo a Polícia Militar, dois jovens de 16 anos e um de 17 abordaram a professora, levaram seu carro, um Nissan Tida, e atiraram. Eles foram apreendidos minutos depois perto da escola, na Rua Syzeno Sarmento.

Em menos de 48 horas, foi o segundo crime registrado na zona oeste com vítima baleada. Na noite de sábado, a estudante Vanessa Ferreira Carobene, de 21 anos, morreu com um tiro no tórax após tentativa de roubo na frente da casa dela, na Rua Dalton, Alto da Lapa. Os ladrões fugiram.

O tenente Rodrigo Santos, do 16.º Batalhão (Rio Pequeno), disse que o carro com os adolescentes seguia em alta velocidade quando uma equipe policial fez a abordagem. O oficial explicou que Márcia saía da escola quando dois menores de bicicleta a abordaram. O terceiro acusado aguardava do lado da escola a pé. O policial afirmou que eles exigiram a chave do veículo, mas a professora teria se negado a entregá-la. Um dos menores disparou quatro tiros. Dois falharam, um acertou uma parede e outro o ombro direito da mulher.

Após os disparos os três largaram a bicicleta e entraram no veículo. Eles seguiram no sentido da Favela do Sapé, no Butantã. No caminho, porém, encontraram a viatura da PM. Houve breve perseguição até o veículo bater em uma guia.

Os três garotos já tinham passagem pela Fundação Casa por dois roubos de veículos e um furto a residência.

O marido da professora prestou depoimento, mas não quis dar entrevista. A Secretaria Municipal de Educação não quis comentar o caso, por ter ocorrido do lado de fora da escola.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.