Professora diz que prática serve para avaliar mundo atual

A professora de escultura Ana Maria Tavares, da USP, diz que não tinha conhecimento do mercado de bustos feitos para homenagear pessoas vivas. "Estou meio por fora desse ramo. Como brincadeira artística até vale. Mas falar disso seriamente...Bom, eu acho que a arte está sempre refletindo a sociedade e, por esse aspecto, serve para avaliar o mundo em que a gente está vivendo", diz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.