Professor é morto em assalto na Marginal do Pinheiros

Ricardo Nogueira seguia em sua moto, que foi levada, quando foi atacado na pista sentido Interlagos-Jaguaré

Paulo Maciel e Daniela do Canto, do estadão.com.br,

22 Janeiro 2009 | 02h32

Professor da rede pública estadual foi morto a tiros por ladrões de moto na Marginal do Pinheiros, na zona sul de São Paulo por volta das 21h30 desta quarta-feira, 21. O crime ocorreu na pista sentido Interlagos-Jaguaré, próximo à Ponte Roberto Zuccolo.   Ricardo Nogueira Antonini, 45 anos, seguia em uma moto Kasinski 250 cilindradas, quando foi atacado por assaltantes. O professor teria tentado fugir e acabou sendo baleado. Os ladrões fugiram, levando a moto. Um revólver calibre 38 foi encontrado a 150 metros do local.   O registro foi feito no 15º Distrito Policial do Itaim Bibi e as investigações ficarão por conta do DHPP - Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.   Três das cinco faixas de pista ficaram interditadas para a realização de perícia, o que resultou em congestionamento de dois quilômetros. A interdição prosseguia até às 2 horas desta quinta-feira. Havia apenas lentidão por aproximação no local.   Zona Norte   Na madrugada desta quinta-feira, um mecânico, ainda não identificado, foi baleado quando trafegava pela pista local da Marginal Tietê, no sentido Penha-Lapa, em frente ao sambódromo do Anhembi, na zona norte da capital.   A vítima, que ocupava uma Honda CG-125, foi encaminhada ao pronto-socorro do Mandaqui, onde segue internada e passa por cirurgia. O mecânico trabalhava também como entregador de pizza. Não se sabe ainda se também trata-se de uma tentativa de assalto. O caso será registrado no 13º Distrito Policial, da Casa Verde.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.