Professor destaca clínica pública

Para o psiquiatra Ronaldo Laranjeira, professor da Unifesp, o trabalho de recuperação de usuários de drogas de clínicas privadas do Interior de São Paulo, como o caso do Horto de Deus, de Taquaritinga, é muito importante para o quadro do problema no Estado. "Sem dúvida é relevante esse trabalho, que é sério", diz o psiquiatra.

O Estado de S.Paulo

03 Janeiro 2013 | 02h02

Laranjeira lembra ainda que um dos principais problemas é o financiamento. Segundo ele, muitas famílias que sofrem com o problema não têm como bancar os tratamentos. O psiquiatra afirma, no entanto, que há também clínicas públicas com bons serviços, como a Comunidade Terapêutica Santa Carlota, ligada ao Instituto Bairral, localizada na área rural de Itapira, a 177 quilômetros da capital.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.