Produtor de festas agora é chamado de ''curador''

O empresário Facundo Guerra, do Lions, explica que a cultura da noite mudou quando o DJ perdeu o posto de figura central da balada. "Quem determina tudo agora é o produtor." Por sua vez, o produtor passou por um "upgrade" e é chamado de "curador".

Paulo Sampaio, O Estado de S.Paulo

19 de agosto de 2011 | 00h00

"Monto a festa e dou a identidade dela", diz Rodrigo "Guigo" Lima, festejado criador da balada de hip hop Chocolate, que estreou há 9 anos no Mood Club, em Pinheiros, e passou por cinco endereços. Está no Clash. "O promoter não é mais um simples "panfleteiro de flyer" - tem de assumir a responsabilidade pelo sucesso da festa." Para Vanessa Cris, da Heat, não é fácil. "É preciso cativar, fidelizar o público. E tem festa todo dia."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.