Prodesp investiga lentidão no pagamento do IPVA 2010

Proprietários reclamam sobre falha; parcela única com desconto deve ser paga até o dia 21

estadao.com.br,

11 Janeiro 2010 | 17h01

A Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp) informou na tarde desta segunda-feira, 11, que investiga um possível problema no sistema de pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), na capital.

 

Segundo a Prodesp, alguns proprietários reclamaram sobre uma lentidão no sistema na hora do pagamento. Uma equipe técnica foi acionada para verificar a ocorrência. 

 

A revisora Paula Craveiro, de 28 anos, foi uma das motoristas que tiveram problemas com o sistema. "Tentei umas três ou quatro vezes pela manhã, mas o site do banco não conseguiu concluir a operação. A página não carregava e saia do ar", afirma. Segundo ela, que adiantou o pagamento do imposto do seu veículo placa 3 para hoje, só foi possível recolher a taxa à tarde.

 

A Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) informou que o sistema de pagamentos do IPVA online apresentou problemas de conexão com o sistema de pagamento dos bancos e ficou pelo menos uma hora fora do ar, período em que todas as formas de pagamento foram recusadas - internet, caixa eletrônico e boca do caixa.

 

Ainda de acordo com a Febraban, os bancos tiveram de acionar um sistema de contingência pelo qual os usuários podem fazer o pagamento normalmente. A diferença é que as entidades terão de informar a lista dos contribuintes que fizeram o pagamento nesse período para que o governo dê baixa.

 

CALENDÁRIO

 

O pagamento do IPVA começou na sexta-feira, 8, no Estado de São Paulo para veículos com placas de final 1 e vai até o dia 21. Quem optou em quitar o IPVA à vista terá 3% de desconto. Já os proprietários que escolheram parcelar a cobrança em três vezes vão liquidar o IPVA em março.

 

O contribuinte que não recolher o imposto no prazo indicado deve pagar multa de 0,33% ao dia. Após 60 dias de atraso no pagamento, a multa sobe para a taxa fixa de 20%. 

Mais conteúdo sobre:
SP IPVA

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.