Procuradora acusada de tortura continua foragida

A procuradora aposentada Vera Lúcia Sant"Anna Gomes era considerada foragida ontem pela polícia. As equipes da 13.ª Delegacia de Polícia (Copacabana) tentavam localizá-la em Ipanema e em Búzios. Ela foi denunciada por crime de tortura e racismo contra a filha adotiva de 2 anos. Vera Lúcia teve a prisão preventiva decretada na quarta-feira à

, O Estado de S.Paulo

07 de maio de 2010 | 00h00

tarde. O advogado Jair Leite Pereira disse que pediria habeas corpus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.