Procon notifica Eletropaulo por apagão que atingiu o centro de SP

Região ficou cerca de oito horas às escuras na terça-fera por falha em transformar subterrâneo

Julia Baptista e Priscila Trindade, Central de Notícias

17 Setembro 2010 | 21h02

SÃO PAULO - O Procon de São Paulo notificou nesta quinta-feira, 16, a Eletropaulo a prestar esclarecimentos sobre o apagão que atingiu o centro de São Paulo na terça-feira, 14.

 

A Eletropaulo deverá informar à fundação o que provocou a falha no fornecimento de energia, o porquê do restabelecimento do serviço ter demorado até mais de sete horas em algumas regiões, quais providências foram adotadas para restabelecer o serviço e que medidas serão tomadas para reparar danos eventualmente sofridos pelos consumidor.

 

O Procon informou que não existe prazo para a entrega das informações, mas pede que a empresa o faça "o mais rápido possível."

 

Em nota, a Eletropaulo afirmou que prestará todos os esclarecimentos no prazo solicitado pelo órgão. A interrupção no serviço aconteceu às 10h20 e foi causada em um transformador subterrâneo localizado na rua Virgínia Sales, esquina com a Rua 25 de Março. Segundo a empresa, às 12h50 a energia foi estabelecida para 70% dos clientes.

 

"Em função da complexidade das redes subterrâneas, a AES Eletropaulo destinou 41 equipes especializadas para a região afetada, além de 20 técnicos em eletricidade, 4 coordenadores e 4 engenheiros, totalizando 151 profissionais. Três laboratórios móveis de testes, montados em furgões, fizeram a análise dos circuitos desligados. No Centro de Operação da Distribuição da empresa , 52 técnicos apoiaram a ação."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.