Procon de Manaus multa TAM em R$ 100 mil por atrasos

A Procuradoria de Defesa do Consumidor (Procon) em Manaus multou a TAM em R$ 100 mil por ''diversas reclamações de passageiros que se sentiram desrespeitados, sem auxílio alimentação ou hospedagem em atrasos superiores a duas horas". Procurada, a empresa informou, por nota, que atrasos foram causados por problemas meteorológicos. Ela tem 15 dias para recorrer.

LIEGE ALBUQUERQUE, O Estado de S.Paulo

23 Dezembro 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.