Processo é rápido, diz cartorário

O protesto eletrônico só é possível em cartórios conveniados ao Instituto de Estudos de Protesto do Brasil (IEPB), o que inclui 200 tabelionatos das principais cidades paulistas. Segundo o presidente da entidade, José Carlos Alves, o procedimento é célere. Primeiramente, o tabelião intima o devedor para pagar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) em três dias no cartório. Se o devedor atender o pedido, não há nenhuma restrição.

Luciano Bottini Filho, O Estado de S.Paulo

12 Novembro 2013 | 02h15

Além disso, é preciso arcar com custos. Para débitos entre R$ 183 e R$ 774, a faixa mais comum de IPVA, as taxas são de R$ 35,77 a R$ 64,37. O título é protestado depois desses três dias sem o pagamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.