WERTHER SANTANA/ESTADÃO
WERTHER SANTANA/ESTADÃO

Problemas para recarga de bilhete único atrapalham passageiros em SP

Falha em máquinas prejudica passageiros há mais de 24 horas no terminal Palmeiras-Barra Funda

Willy del Valle, Especial para O Estado

06 Dezembro 2016 | 18h52

SÃO PAULO - Usuários do transporte público em São Paulo enfrentam dificuldades há mais de 24 horas para fazer recargas do bilhete único nas máquinas do Terminal Palmeiras-Barra Funda. Equipamentos que deveriam receber dinheiro, mas não funcionam, máquinas que fazem barulhos constantemente ou permanecem na mesma tela o tempo todo acabam provocando filas e transtorno. 

Gabriel Barcelos, de 34 anos, veio de Campinas no interior para São Paulo e tentou fazer a recarga do bilhete. Só tentou. Ele queria recarregar em dinheiro, na manhã desta terça-feira, 6. A máquina não recolheu a cédula. Em parte dos equipamentos, não era possível nem mudar de tela. 

Em nota, o Metrô afirma ter notificado a empresa Autopass, concessionária responsável pelas máquinas da estação Barra Funda, para verificar e corrigir os problemas apontados. Defende que fiscaliza diariamente as máquinas de recarga e que, assim que constatadas, as falhas são comunicadas às concessionárias. 

Mais conteúdo sobre:
SÃO PAULO Campinas Metrô

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.