Problemas da maior empresa da internet são internacionais

É inevitável que a maior empresa de tecnologia do mundo em tempos de internet tenha problemas legais, já que um dos motivos do sucesso do Google - e da internet - é sua natureza transnacional.

Cenário: Alexandre Matias, O Estado de S.Paulo

21 de julho de 2010 | 00h00

O caso mais grave foi no fim de 2009: hackers invadiram e-mails de chineses antigoverno, o que iniciou constrangimentos entre o Google e a China. O episódio culminou com a saída da empresa do país, há pouco mais de um mês.

Na Europa, o carro do Google Street View causa reclamações de invasão de privacidade. Ele registra cenas em lugares privados e, no percurso, poderia coletar dados de redes Wi-Fi.

Outro braço da empresa, o YouTube, é motivo de constante briga. Além das infrações de direito autoral, foi punido por abrigar um vídeo em que estudantes assediavam um autista na Itália. No Brasil, ficou famoso o caso em que a modelo Daniela Ciccarelli quis tirar o site do ar.

Em alguns locais, o problema é com a internet: diversos países - entre eles Turquia e Líbia - interromperam o acesso de seus cidadãos ao Google já que, por meio do site, é possível receber informações indesejadas pelos governos.

É EDITOR DO LINK

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.