Primeira feira de orgânicos noturna conquista público na zona oeste de SP

Primeira feira de orgânicos noturna conquista público na zona oeste de SP

Mais de 40 bancas oferecem desde verduras, frutas, legumes até vinhos e cafés com produção integralmente livre de componentes químicos.

Gheisa Lessa, O Estado de S. Paulo

27 Novembro 2014 | 13h30

Moradores da zona oeste de São Paulo encontram diversão e também abastecem suas dispensas com alimentos livres de agrotóxicos todas as terças, sábados e domingos na Feira Orgânica do Parque da Água Branca. Com cerca de 40 bancas de mais de 300 agricultores, a feira oferece desde verduras, frutas, legumes até vinhos e cafés com produção integralmente livre de componentes químicos.

Localizada próxima à estação Barra Funda do Metrô, a feira tem como principal público-alvo os moradores do bairro de Perdizes, mas atrai interessados de todas as regiões da capital paulista. "A variedade de produtos é tão extensa que às vezes as pessoas acabam achando mais cômodo vir até aqui e já fazer todas as suas compras de uma vez, ao invés de passar em dois ou três mercados diferentes", explica o secretário executivo da Associação de Agricultura Orgânica, Marcio Stanziani. 

Segundo Stanziani, não há desculpa para não comprar ou consumir os orgânicos da feira. "Nós somos a primeira feira de orgânicos a ser realizada no horário da noite. Para quem trabalha cedo, pode ir à noite. Para quem pode entrar no trabalho mais tarde, nós abrimos às 7h manhã".

A associação é responsável pelo cadastro de bancas e realização da feira desde 1991, quando aconteceu sua primeira edição. Funcionando ininterruptamente até hoje, a feira orgânica já conquistou clientela fiel. "Nossa média de público, apenas aos sábados, chega a ser de 2 mil pessoas", conta Stanziani. "Às terças e domingos, o público é menor, mas também relevante", diz.

Questionado qual é o trâmite necessário para um produtor orgânico inserir uma banca na feira, Stanziani responde que a feira quase não tem mais espaço para novas barracas. "Nós acabamos criando uma rede de participantes muito completa e também variada. Nosso critério pra avaliar se um novo produtor pode ou não ganhar uma barraca no Parque da Água Branca é a excentricidade do produto oferecido. Se for muito comum acabará criando concorrência dentro da própria feira e evitamos isso", explica o secretário executivo.

Já para o público a limitação é nula. Para aproveitar as ofertas da Feira Orgânica do Parque da Água Branca, é só chegar. A entrada é gratuita. 

Serviço 
Terças-feiras das 7h às 12h e das 16h30 às 20h30
Sábados e domingos das 7h às 12h
Local: Parque da Água Branca - Avenida Francisco Matarazzo, 455
Mais conteúdo sobre:
bairrossp perdizes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.