Evelson de Freitas/AE
Evelson de Freitas/AE

Primeira edição da Virada Ambiental vai tomar 69 parques

Até domingo, parques municipais em todas as regiões da capital terão atividades gratuitas; Ibirapuera ficará aberto 24h no sábado

Mônica Reolom, O Estado de S.Paulo

16 de agosto de 2013 | 02h02

Depois de nove edições da Virada Cultural, cinco da Virada Esportiva e três da Virada Sustentável, São Paulo recebe pela primeira vez a Virada Ambiental. "O paulistano já incorporou as outras viradas, mas ainda faltava essa", afirma Milton Persoli, diretor de parques e áreas verdes da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente, idealizadora do projeto.

Até domingo, a iniciativa vai ocupar 69 parques municipais em todas as regiões da capital, com atividades gratuitas. Persoli diz que o objetivo do evento é sensibilizar a população para causas ambientais e promover um estilo de vida saudável e sustentável. "Queremos introduzir na população uma reflexão de que ações individuais fazem a diferença e mostrar a importância de contribuir para uma cidade melhor."

As atrações espalhadas pela cidade buscam justamente estimular a ação individual: vários parques, como o Buenos Aires, em Higienópolis, e o Ibirapuera, na zona sul, terão pontos de coleta de óleo de cozinha e de pilhas. O parque Luís Carlos Prestes, no Butantã, também recolherá baterias e eletrônicos.

O Parque Ibirapuera terá de fato uma "virada": o local ficará aberto por 24h no sábado. Nesse período, haverá aulas de ioga e trilhas noturnas.

Também estão programadas atividades para as crianças, como oficina de produção de brinquedos com materiais recicláveis, revoada de pipas e teatro de fantoches. Algumas atividades, embora gratuitas, exigem inscrição no próprio local. O ideal é chegar com uma hora de antecedência. Confira a programação completa no site do evento.

A abertura oficial da Virada Ambiental ocorre às 9h de hoje durante um seminário, no Parque Ibirapuera, sobre licenciamento ambiental, autorização para manejo de vegetação arbórea e intervenções em Área de Preservação Ambiental no município de São Paulo, aberto ao público mediante inscrição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.