PRF detém falso militar da Aeronáutica no interior de SP

Homem contou mentira para se livrar de multas e apreensão do veículo, por estar com a CNH vencida

Priscila Trindade, Central de Notícias

01 de abril de 2011 | 13h24

SÃO PAULO - Um homem, de 51 anos, foi detido na quinta-feira, 31, ao se passar por piloto da Aeronáutica quando tentava evitar multas e a apreensão do seu automóvel em Registro, no interior de São Paulo.

 

O carro do suspeito foi abordado na Rodovia Régis Bittencourt, após policiais rodoviários federais serem avisados que um automóvel havia se envolvido em um acidente na altura do km 461 da mesma rodovia, no município de Pariquera-Açu.

 

O motorista foi encontrado no local indicado, sem habilitação. Por meio do sistema de pesquisa, os policiais verificaram que a CNH dele estava vencida. Quando os policiais noticiaram que o veículo seria apreendido e multas seriam aplicadas, o condutor do carro disse ser piloto da Aeronáutica. Segundo a PRF, ele usava parte de um fardamento, mas não portava a identidade militar. A mentira foi descoberta quando a equipe consultou a Base Aérea de Guarulhos. Questionado, os suspeito disse que era pastor evangélico.

 

O motorista foi liberado depois de assinar um registro de contravenção penal e receber multas pela habilitação vencida e por não portá-la. O automóvel foi apreendido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.